segunda-feira, julho 02, 2007

O Futuro

Aos Domingos, iremos ao jardim.
Entediados, em grupos familiares,
Aos pares,
Dando-nos ares
De pessoas invulgares,
Aos Domingos iremos ao jardim.
Diremos nos encontros casuais
Com outros clãs iguais,
Banalidades rituais
Fundamentais.
Autómatos afins,
Misto de serafins
Sociais
E de estandardizados mandarins,
Teremos preconceitos e pruridos,
Produtos recebidos na herança
De certos caracteres adquiridos.
Falaremos do tempo,
Do que foi, do que já houve...
E sendo já então
Por tradição
E formação
Anti burgueses
- Solidamente anti burgueses,
Inquietos falaremos
Da tormenta que passa
E seus desvarios.
Seremos aos domingos, no jardim,
Reaccionários

[Reinaldo Ferreira]

2 comentários:

Anónimo disse...

Neste País o futuro estará muito incerto !!!
A corrupção é feita ao canto de uma esquina e ninguém quer ver, ou seja, Eles até sabem, mas não convém mexer !!!!
Porquê ???

JotaCê Carranca disse...

às vezes ao Domingo eu vou ao Jardim

Abraços